Projeto Guri e a TV Digital

A digitalização da televisão representa um conjunto de transformações socio-técnicas que potencializa sua apropriação como tecnologia educativa. O denominador digital altera significativamente as características desta mídia ao somar a abrangência de uma mídia com altos índices de penetração na população brasileira, com a potencialidade das tecnologias digitais conectadas em rede. Assim transformada numa mídia interativa, a TV Digital amplia suas possibilidades de apropriação em processos de aprendizagem e inclusão social. Por sua vez, tais benefícios requerem investigações interdisciplinares e observação sobre premissas fundamentais, como a produção de conteúdos.

O projeto nacional para a implantação desta tecnologia materializa-se através do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD). Nele identifica-se a centralidade da educação para a realização de seu primeiro objetivo, o da inclusão social. Porém, a simples instalação de televisores digitais e sua disposição à população, em especial nos processos educativos, não configuram nem um processo interativo, nem a inclusão pretendida. A TV Digital interativa necessita ser apropriada pelos sujeitos em seu sentido amplo, de modo interativo e autoral, em contextos dialógicos.

Percebe-se, porém, que com a carência de conteúdos educativos produzidos para esta mídia corre-se o risco de que parte dos recursos sejam utilizados apenas para "animar" as aulas, ou seja, aplicar novas tecnologias a conteúdos e práticas de ensino verbalísticas baseada na mera memorização de informações. Para que sua apropriação contribua com a educação, ou mesmo a transforme, fazem-se necessários ambientes, conteúdos e suportes educativos que dêem conta das interações e promovam a autoração e o diálogo dentro e fora da sala de aula.

Portanto, a realização das potencialidades deste novo meio de comunicação depende da disposição da tecnologia mas, prioritariamente, das práticas a serem desencadeadas na apropriação da TV Digital. Para que esses benefícios sejam alcançados deve-se atentar para uma ação de cuidados sobre as escolhas que envolvem sua apropriação em processos educativos. Assim, ao mesmo tempo em que se observa a centralidade e o potencial dos sistemas e conteúdos didáticos voltados para a TV Digital, chama-se atenção para sua escassez atual. Por ser um meio de comunicação novo, com um grande campo de potencialidades em aberto e em discussão constante, as pesquisas sobre conteúdos educativos voltados para a TV Digital encontra-se ainda em estágios iniciais de maturação no interior de alguns grupos e centros de pesquisa.

Para a investigação de tais sistemas e conteúdos, questões fundamentais recaem sobre a avaliação de sua qualidade. Como em qualquer mídia, os conteúdos educativos devem primeiro, ser confiáveis quanto às informações e, depois, adequados pedagogicamente em relação ao estágio de desenvolvimento da aprendizagem, a linguagem e a usabilidade. A interface deve ser sensorialmente estimulante, aberta, hipertextual e com ótimo nível de usabilidade baseada em associações que favoreçam a apropriação do conteúdo e da mídia. Deve integrar a cultura digital e multimídia e a cognição hipertextual, fomentando interações espontâneas, autoração e permitindo o desenvolvimento de caminhos próprios.

Neste sentido, o Projeto Guri visa constituir uma iniciativa para contribuir com a potencialização da área de pesquisa sobre a TV Digital no Brasil e, em específico, para a produção de conteúdos interativos voltados à educação. Assim, este projeto, intitulado oficialmente de "Guri – Software de autoria colaborativa de materiais educacionais hipermídia para a TV Digital", está sendo atualmente desenvolvido através do financiamento provido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) através do Edital MCT/SETEC/CNPq N.º 67/2008 – RHAE - Pesquisador na Empresa. Por meio de uma parceria público-privada, constituem a equipe de trabalho deste projeto a Universidade de Passo Fundo (UPF), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a micro-empresa Infoeduca.

Os objetivos principais deste projeto de pesquisa podem ser resumidos em dois itens:

1. O desenvolvimento de um software de autoria de materiais educacionais interativos direcionados para a TV Digital. Este software de autoria, denominado Guri, possuirá uma série de requisitos os quais permitirão a produção de materiais educacionais por crianças em idade escolar, seus professores e demais seres sociais passíveis de serem agregados a uma rede de ensino-aprendizagem mediada pela TV Digital.

2. A construção de um referencial teórico-conceitual imbricando conceitos de áreas como Educação, Psicologia, Comunicação, Filosofia, entre outros, que possibilite a delimitação de uma arquitetura didático-pedagógica que ofereça o devido suporte educativo na apropriação do software de autoria Guri em um ambiente escolar.

Entende-se, no contexto deste projeto, por software de autoria colaborativa (1) e materiais educacionais interativos (2):

1) Softwares computacionais para autoria colaborativa de hipermídia, isto é, programas que permitem aos usuários não apenas serem "leitores" de um documento, mas também serem "escritores" co-autores, criando seus próprios trabalhos para publicação ou aplicação em ambientes hipermidiais.

2) Linguagem digital do ciberespaço que parte da agregação dos princípios da multimídia com os do hipertexto, onde textos, sons e imagens (estáticas ou em movimento) estão ligados entre si por elos probabilísticos e móveis, que podem ser configurados pelos receptores de diferentes maneiras, de modo a compor obras instáveis em quantidades infinitas , devendo possuir, portanto, as características interativas baseados nos seguintes binômios: participação-intervenção, bidirecionalidade-hibridação e potencialidade-permutabilidade.

Assim, mais do que um conjunto de conteúdos educacionais prontos, fechados e imutáveis para a TV Digital, o software de autoria colaborativa Guri tende a ser uma ferramenta para que os próprios participantes do processo educativo tornem-se co-autores ativos na apropriação de conceitos das mais diferentes áreas do conhecimento por meio da construção de conteúdos hipermidiáticos a serem disponibilizados para este novo meio de comunicação.

Projeto Guri 2009 - 2010
Universidade de Passo Fundo - © Copyright todos os direitos reservados.
Design by. Isabella Czamanski Rota - Programação by. Henrique Becker